quarta-feira, 11 de Março de 2009

Poema "Irmão querido"


Irmão querido

Mano,
és o meu companheiro no barco da vida,
és o sal e eu a água,
és o sol e eu a lua,
és a metade que eu não sou,

Mano,
és o leme quando estou á deriva,
és o sorriso na minha mágoa,
és o guardião da minha rua,
és a presença quando não estou.

Mano,
tenho saudades de quando brincávamos,
eras o indio e eu o cowboy,
eu era o bom e tu o vilão,
eras metade da minha alegria,

Mano,
tenho saudades de quando sonhavámos,
queriamos ser um super-herói,
queriamos ter o mundo na mão,
queriamos viver nossa fantasia.

Mano,
hoje só me importa que estejas bem,
que sejas feliz em teu caminho,
e seja qual for aquele que seguires,
só quero que tenhas a maior sorte,

Mano,
gosto de ti como ninguèm,
tens meu amor e tens meu carinho,
tens tudo de mim sem nunca pedir,
és meu irmão,na vida e na morte.

Poema dedicado e escrito para o meu unico irmão

Almada, 27 de agosto de 2008 © Paulo Lourenço “Ramiro de Kali”

8 comentários:

Anónimo disse...

lindo!!

Anónimo disse...

Nossa amei esse poema que Deus continue usando vc como instrumento para tocar as pessoa com sua palavras .....

Anónimo disse...

quando li chorei!espero que seu irmão goste!

Anónimo disse...

ele e muito lindo

Jéssika disse...

perdi meu irmao, fazem 3 meses e estava tentado escrever uma poesia para ele, entao vim bucar inspiraçao, mais o que encontrei foi muito mais do que isso!!
muito obrigada.
Jéssika

Fran disse...

Nossa!!! chorei muito

Anónimo disse...

amei é muito lindo
que vc sempre fassa tantou poema
um mais, lindo do que
esse ae ta gostei muito desse
poema é deslubtante

Crislane disse...

Sempre quis que meu irmão estivesse ao meu lado ele morreu :( essa poesia me fez ate chorar aqui saudades de pessoas com as quais nem conheci mas, saudade são coisas que significam amor eu nunca o tive mas, o amo muito!
Quem???
Meu irmão...que Deus te tenha ai em cima maninha amore eterno sempre! <3